RCS, o novo SMS do Google

RCS, o novo SMS do Google

Image: Divulgação

Conheça o RCS, o novo recurso de mensagens do Google que promete muito recursos direcionados às empresas e sua comunicação com o cliente.

Por: Amanda Watanabe*

Em meio aos apps de mensagem que temos hoje, o  SMS, já muito usado, acabou ficando para trás. Muitas limitações, como o seu número limitado de caracteres e baixa resolução de multimídia, o deixaram incompatível às pessoas acostumadas com todos os recursos trazidos pelo Whatsapp e Facebook Messenger. Frente a isso, o Google apresenta a sua mais nova plataforma, o RCS, como uma evolução do SMS.

A sigla RCS vem de Rich Communication Services, e trata-se de um protocolo da indústria de telefones que permite a troca de mensagens entre os usuários e operadoras, assim como o SMS. Porém, a novidade desse sistema é a possibilidade de trocar imagens, áudios e até vídeos, indo muito além dos simples textos com caracteres fixos. Tudo isso com a capacidade de captação de um vasto número de dados na nuvem sob as conversas feitas pelo canal, o que acaba sendo um prato cheio para o Marketing das empresas.

Mas você deve estar se perguntando: Por que alguém se interessaria pelo RCS se o Whatsapp e o Messenger apresentam as mesmas funções? Bom, para começar, diferentemente dos seus concorrentes, trata-se de uma tecnologia aberta, e que pode ser utilizada por qualquer pessoa, e, o mais interessante, por qualquer empresa. Assim, qualquer empresa pode criar seu próprio app para incluir a troca de mensagens ou então podem livremente usar o app criado pelo Google, o google mensagens.

Outra vantagem é a possibilidade de trocar as mensagens em modo offline. Assim como o SMS, basta o usuário estar ligado a um sinal de qualquer operadora para receber e mandar mensagens de texto e emojis, muito embora as multimídias ficam ao aguardo do sinal de internet.  

Como as empresas podem aproveitar esse novo recurso?

Para as empresas, esse último fator é muito interessante. Elas podem se comunicar com seus clientes da maneira que quiser, sem precisar se associar a algum app específico, e se submeter a políticas de uso, e ainda oferecer uma experiência de conversa muito mais atrativa do que o simples SMS. Além disso, nenhum dado fica retido nos apps, então suas informações não serão utilizadas por terceiros de forma alguma, e ainda há a possibilidade de captá-los em nuvem.

Introduzindo o RBM, Rich Business Messages

O RBM nada mais é que um recurso trazido pelo RCS, que é feito exatamente para o relacionamento B2B Business to Consumer. Com isso, muitas features são possíveis. As empresas podem personalizar a janela de mensagens com o seu logo, disponibilizar imagens em carrossel, incluir QR codes e códigos de barra e até mesmo fazer pagamentos diretos. Em outros países, como Estados Unidos e Inglaterra, muitas empresas já surfam na onda do RCS, introduzindo-o na comunicação com os seus clientes. Um grande exemplo é a Virgin trains que disponibiliza os tickets aos passageiros por meio de mensagens.   

 

RCS, o novo SMS do Google

Image: Google

E no Brasil?

O RCS já está presente no Brasil nas maiores operadoras do mercado de telefonia, e já começam a vir implantados no celular de fábrica.

Por ser esse meio tão interessante, o RCS já está na TNH. Com isso, as empresas podem criar uma experiência única de saúde para os seus clientes, sem depender de apps e de internet. Quer saber mais de como a TNH pode te ajudar com o RCS, entre em contato conosco!

Amanda Watanabe trabalha com Marketing na TNH Health.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *